Lugar de homem é na cozinha

Lugar de homem é na cozinha: A cozinha agora tem um novo frequentador, não apenas para comer, mas para fazer os pratos saborosos. Homens também ‘pilotam o fogão’. Em parte pra fazer pratos elaborados para impressionar as garotas. Sim, seduzir as mulheres cozinhando pra elas é um dos motivos que leva os homens para a cozinha. E isso tem até nome: GASTROSSEXUAIS

Mas também tem o cara que vai pra cozinha porque gosta, porque deseja ser um grande chefe, pelo prazer de elaborar a comida pra família.

Inclusive, há uma pesquisa britânica – de onde vem o chef Jamie Oliver – que revela que homens bem resolvidos têm como hobby fazer pratos elaborados e tentam fisgar a mulher pelo estômago. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Britânico Future Foundation com mil homens no Reino Unido e mostra que 48% dos entrevistados dizem que ser capaz de cozinhar os torna mais atraentes para as mulheres. É parece mesmo que lugar de homem é na cozinha.

Em uma análise simples da pesquisa é possível entender que a habilidade masculina na cozinha está relacionada a um homem mais carinhoso, menos machista, agradável e que está pronto a servir, dar um presente feito pelas suas mãos, com carinho e dedicação.

O blog Ferricelli entrevistou três homens que afirmaram que mandam muito bem no fogão. Veja o que eles têm a dizer:

Lugar de homem é na cozinha

“Já cozinhei para algumas pessoas. Enquanto ia preparando os pratos eu ia conversando, tomando um ‘vinhozinho’ e aí não dá outra. Até menina difícil foi ‘fisgada’, diz o publicitário Alysson de Almeida, de 32 anos.

“No meu caso eu cozinho porque gosto. É um hobby. Eu fazia isso nos fins de semana. Mas o hobby foi virando algo do dia-a-dia depois que, desempregado e a esposa trabalhando, até me realocar no mercado de trabalho o fogão ficou por minha conta. Hoje, trabalhando boa parte em home office, o almoço está sob minha responsabilidade. Claro, daí os pratos não são tão mais elaborados. O cardápio vai ficando mais simples e prático”, revela o jornalista Marco Aurélio, de 41 anos.

“Eu moro sozinho. Cansei de comer enlatados e pra sair do miojo comecei a assistir programas culinários dos canais fechados. Fiquei apaixonado por tudo o que via e comecei a testar as receitas em casa. Convidava um outro amigo pra experimentar. Foram os meus cobaias no começo (risos). Depois comecei a levar a sério e usei a habilidade pra levar as meninas pra casa pra jantar (se é que me entendem). Deu certo. Inclusive casei com uma delas”, conta o recém formado em Engenharia, Fábio Lima, de 28 anos.

Hoje, claro, muitos homens dividem a tarefa de cozinhar com as mulheres porque elas também estão no mercado de trabalho. A divisão de tarefas nos dias atuais também faz parte da rotina do homem moderno. E, convenhamos, a imagem do “Lugar de homem é na cozinha”, hoje em dia, parece sofisticada e moderna.


Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *