Depilação masculina: e aí você faz? Métodos de depilação masculina para fazer em casa

O mundo da estética há algum tempo está presente na vida do homem moderno. Até os anos 70 era comum o homem ser mais peludo. Era a estética “desejada” e aceitável por boa parte das mulheres. Os novos padrões estéticos mudaram e hoje o corpo masculino todo depilado faz parte da rotina dos homens modernos. A depilação masculina, que era algo comum para atletas da natação ou do fisiculturismo, atualmente conta com a adesão de pessoas comuns. Geralmente, é a própria mulher ou namorada que leva o homem para a depilação com cera quente.

Pesquisa encomendada pela Philips aponta que 72% dos brasileiros fazem algum tipo de intervenção nos pelos pubianos, por exemplo: eles aparam, raspam ou depilam. Nas clínicas especializadas em depilação masculina, a grande procura é para tirar os pelos das costas, tórax e abdômen. Mas, claro, sem se esquecer dos indesejados pelos dentro das orelhas e no nariz.

Se antes era complicado achar espaços para a depilação masculina – algo inerente às mulheres -, hoje já há lugares que se especializaram em oferecer serviços de depilação para homens. Claro, hoje, com tantos produtos sendo comercializados, há os que preferem se depilar em casa.  Mas se você não é tão habilidoso (ou lhe faltar coragem) é melhor não tentar o método com cera quente, evitando assim queimaduras e hematomas.

Mulheres gostam de homens depilados

Em pesquisa realizada pelo journal acadêmico Archives of Sexual Behavior, da International Academy of Sex Research, mostra que 82% das mulheres preferem homens depilados. Confira os resultados do estudo.

  • 90% das mulheres rejeitam homens com pelos nas costas
  • 86% delas não aprovam pelos no bumbum
  • e 79% não curtem pelos no peito dos homens

Métodos de depilação masculina para fazer em casa

metodos-depilacao-masculina

No Brasil a depilação masculina já é uma realidade e os fatores que influenciam nesse aumento de homens fazendo depilação é: atletas, modelos, atores e celebridades que se depilam e peças de roupas que expõem demais os pelos.

Não há restrições de regiões para depilação masculina. Utilize a técnica mais adequada. Há diversos métodos de depilação masculina para fazer em casa. Enumeramos abaixo algumas técnicas para acabar com os seus pelos:

1.    Barbeador elétrico para depilação masculina

Facilidade no manuseio e regulagem do aparelho para aparar os pelos do tamanho que desejar, já que alguns não curtem o visual “pelado”. São ideais para serem utilizados em braços, tórax, pernas.

2.    Depilação para homens com lâmina de barbear

Tradicional. Adotada por muitos homens. O custo é baixo e indolor. Mas não é boa pra quem tem sensibilidade da pele (alergias) e, claro, apesar de indolor, um ou outro corte na pela pode ocorrer. Ah!  E o crescimento dos pelos é mais rápido.

3.    Depilação masculina com cremes depilatórios

Praticidade, sem riscos de cortes. Os pelos nascem praticamente do jeito que foram retirados. Há necessidade de um teste de sensibilidade antes de usá-lo. Não é indicado para partes íntimas e rosto. Os pelos nascem pouco tempo após o uso. Clique e confira esse creme depilatório.

4.    Depilação masculina a laser

É caro, mas pode ser definitiva de acordo com o número de aplicações. É muito usada pelos homens na retirada definitiva, por exemplo, dos pelos das costas. Claro, esse método não dá pra fazer em casa.

5.    Depilação para homens com cera fria

Dói mais do que a cera quente, mas é indicada para quem tem sensibilidade à cera quente. Se usada incorretamente, a cera fria poderá causar danos à pele, portanto, informe-se aqui;

6.    Depilação masculina com cera quente

É a mais comum e tem um preço acessível. Sua durabilidade é bem maior do que a feita com aparelho de barbear. É dolorida, mas tem gente que com o tempo se acostuma (será?);

Benefícios da depilação masculina

depilacao-masculina-virilha

 

1. Sensação de conforto

Ao retirar os pelos a fricção entre eles com parte da roupa ou mesmo do corpo diminuem e você tem uma sensação de conforto, de “frescor”.

2. Higiene Pessoal

A quantidade excessiva de pelos pode aumentar a umidade e, claro, a proliferação de bactérias que podem causar odores desagradáveis.

3. Definição muscular

A ausência de pelos ajuda a destacar a definição muscular, inclusive na área do pênis. Sim, há muitos homens que depilam a parte genital. Além de um visual limpo, o pênis aparenta ficar maior.

Depilação masculina íntima

Essa é uma questão sempre muito polêmica. Aparar os pelos na região genital nunca foi muito bem vinda entre os homens. Remover tudo então, nem se fala. Era algo, digamos, próprio dos homens que fazem filme pornô.

Hoje isso mudou e muito. E não são poucos os homens que aderem aparar os pelos genitais ou mesmo retirar tudo e deixar a área livre para carícias mais quentes. A região limpa e livre dos pelos é um chamariz para o sexo oral.

Tipos de depilação íntima para homens

Lâminas, ceras, laser, máquinas: o que utilizar na hora de depilar as virilhas? Veja de maneira bem prática quais os métodos para fazer sua depilação genital com segurança.

Depilação íntima (genital) masculina com lâmina

A lâmina de barbear é bem usada pela maioria dos homens. É mais prática e rápida. Feita ali, na hora do banho. Use um bom gel (que não irrite a sua pele). Evite usar a lâmina de barbear no saco escrotal. A pele é muito sensível, tem várias veias e podem machucar.

Depilação genital para homens com máquina de barbear

Evite usar o aparelho de barbear sem o pente – coloque-o no mínimo, mas use-o -, pois o aparelho direto na pele pode machucar. Não use também no saco escrotal, pois pode machucar.

Depilação íntima masculina com cera

É uma depilação que vai durar por mais tempo e deixa a pele muito mais lisa do que os procedimentos anteriores. Mas dói? Dói sim, amiguinho! Prefira a cera quente que dói menos. E, claro, evite fazer você mesmo. Deixe isso para um profissional e um salão que tenha os procedimentos de higienização adequados.

Depilação genital masculina à laser

Esse método de depilação é o mais duradouro de todos. Procure um profissional e um espaço que ofereça a higienização adequada para o procedimento e que pode lhe informar detalhes da depilação. A depilação pode ser completa ou parcial. O tratamento é feito sob o púbis e as partes laterais da virilha, não incluindo a região do pênis. Para abranger essa área, deve ser feita depilação da base do pênis. O tratamento abrange toda a extensão do pênis e seu contorno, podendo ser um complemento à depilação da virilha para remover completamente os pelos da área.

É possível fazer também a depilação dos glúteos, que abrange a área das nádegas, acima das coxas, que contribui para reduzir os pelos encravados (foliculite) e melhorar a textura da pele da região e glúteos médios, que é a parte mais interna das coxas, próximo ao ânus.

O tratamento da região anal abrange em torno da região do ânus sem se aproximar da pele da mucosa e não oferece riscos à saúde. É indicado para propiciar conforto, higiene e indicado como complemento da depilação íntima.

 

 

 


Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

5 comentários em “Depilação masculina: e aí você faz? Métodos de depilação masculina para fazer em casa
  • 21/10/2017 em 09:37
    Permalink

    Gostei muito sobre isso,sobre a depilação masculina eu faço

    Resposta
  • 22/10/2017 em 12:46
    Permalink

    Adorei a matéria sou adepto da depilação com cera quente,e Faso em um ambiente profissional

    Resposta
  • 02/11/2017 em 21:28
    Permalink

    Alguem sabe oque colocam na cera de abelha??? Para fazer aquela cera quente natural?

    Resposta
  • 12/11/2017 em 04:15
    Permalink

    Gostei muito da matéria e muito esclarecedora, faço depilação e sempre fiz a genital. Ao ler essa matéria fiquei muito curioso e quero continuar, prefiro ir de hoje em diante procurar clínica especializada.

    Resposta
  • 26/11/2017 em 09:48
    Permalink

    Atendo público masculino há mais de 20 anos. Público tem crescido muito a cada dia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *