fbpx

5 dicas valiosas para se vestir bem e gastar pouco

Todo mundo gosta de se vestir bem. Afinal, é por meio da imagem que conseguimos transmitir seriedade no ambiente profissional e parecer estilosos para a mulherada.

Mas quando falamos em moda masculina, muitos homens acreditam que, para manter o visual em dia, é preciso estourar o cartão de crédito ou comprometer o salário do mês. Grande engano: é totalmente possível se vestir bem e, ao mesmo tempo, gastar pouco!

Ao contrário do que se acredita por aí, o universo da moda é muito vasto e, você pode, sim, encontrar peças de alta qualidade por um preço acessível para o seu bolso. Mas é claro que, para isso, há algumas recomendações que devem ser seguidas à risca.

E então, preparado para atualizar o seu closet e marcar presença em qualquer situação? Para ter mais facilidade nessa tarefa, confira já o post que criamos para ensinar você a se vestir bem!

1. Aposte em peças clássicas

Há quem diga que o segredo para o sucesso está nos detalhes. Certamente, com a moda masculina isso não é diferente. Para se vestir bem, gastar pouco e fazer bonito, você não precisa misturar várias cores e estampas na mesma produção.

Baixe o e-book: Guia de Combinar roupas e Sapatos

Pelo contrário: ao investir em peças básicas e cores sóbrias, as chances de acertar no visual aumentam significativamente. Portanto, não dificulte a tarefa e priorize os itens simples do armário. Veja alguns exemplos:

  • camiseta de algodão: lisa e em cores sóbrias, como cinza, branco e preto;

  • calça jeans básica: os modelos com recorte reto e sem rasgos ou puídos são os mais versáteis;

  • calçados atemporais: tênis de couro, sapatênis e sapatos sociais são obrigatórios no armário de qualquer homem moderno;

  • camisa social: é uma roupa que combina com tudo, da bermuda jeans até a calça de alfaiataria. Escolha modelos que caiam bem no seu corpo e tenham cores discretas;

  • blazer: pode ser usado em eventos formais e casuais. Para acertar na escolha, invista em um modelo de cor neutra, com bom corte e caimento.

2. Invista em acessórios para gastar pouco

Se você imaginava que os acessórios eram exclusivos do universo feminino, saiba que está bem enganado. De uns anos para cá, os homens ficaram mais vaidosos e essa mudança se reflete diretamente nos looks masculinos.

Além de serem práticos, acessíveis e versáteis, os acessórios são excelentes para quem deseja deixar um visual mais descolado ou sofisticado. Portanto, tudo dependerá da forma como eles serão incluídos na produção.

Entre os elementos mais procurados pelos rapazes estão pulseiras, colares, bonés, anéis e chapéus. Por exemplo, se o seu estilo for despojado, você pode investir na tendência da pochete, que conversa muito bem com ambientes casuais. Esse é o caso de bares, baladas e shows.

Agora, se a sua praia é um visual tradicional e arrumadinho, não abra mão de um belo relógio de pulso, óculos escuros e, até mesmo, um belo lenço — que pode surgir tanto no bolso, para os eventos formais, quanto no pescoço, ao longo do inverno. Não tem erro!

3. Entenda o seu próprio estilo

De nada adianta comprar várias peças bacanas se, no fim das contas, elas ficarão esquecidas no fundo do seu guarda-roupas. Para evitar gastar dinheiro à toa e se vestir bem, a dica é que você, primeiramente, conheça bem o seu padrão na moda. Atualmente, existem sete categorias de estilo masculino:

  1. o esportivo;

  2. o clássico;

  3. o elegante;

  4. o moderno;

  5. o romântico;

  6. o sensual;

  7. o criativo.

Se você quer saber mais sobre estes estilos, identificar o seu, e ainda receber dicas gratuitamente de um Personal Stylist, acesse esse link e se cadastre: https://materiais.ferricelli.com.br/personal-stylist-loja-ferricelli

A verdade é que não são todos os rapazes que conseguem, imediatamente, identificar em qual categoria se encaixam. Se você é um deles, não se preocupe! Respondendo a algumas perguntas simples, é possível chegar a uma conclusão. São elas:

  • qual é a imagem você deseja transmitir para as pessoas?

  • que tipo de elogio você gostaria de receber?

  • você prefere um visual clássico, moderno ou sedutor?

  • quais peças do seu armário melhor combinam com o seu gosto?

  • o que você prioriza na hora de montar uma produção?

  • quais são as suas principais necessidades de vestuário?

Ao responder essas perguntas, será mais fácil identificar o seu padrão e, consequentemente, comprar as roupas certas. Assim, o seu bolso agradecerá!

4. Respeite o seu corpo e aprenda a se vestir bem

Quer se vestir bem e gastar pouco? Então, fique atento: na hora de comprar uma roupa, é fundamental respeitar as características do seu corpo.

Muitas vezes, vemos na TV ou nas redes sociais celebridades vestindo tendências incríveis e estilosas. Automaticamente, ficamos com vontade de usar aquelas peças. Mas será que tudo o que está em alta combina com o seu tipo físico?

Às vezes, aquela camisa descolada que ficou perfeita em um ator pode não cair bem para você e vice-versa. Dito isto, o melhor caminho é adquirir somente peças capazes de proporcionar o máximo de conforto.

Para colocar essa ideia em prática, comece tirando as suas medidas. É interessante saber, com exatidão, o tamanho de ombros, peito, braços, cintura e quadril. Com essas informações, será mais simples adquirir roupas novas ou levar as antigas para ajustar na costureira.

Há, ainda, a possibilidade de investir em alguns truques de styling. Por exemplo: se você tem pouca altura, evite roupas muito estampadas, sobretudo em linhas horizontais. Já se for alto, procure usar a barra da calça dobrada para “achatar” a silhueta e garantir um visual original.

5. Visite brechós físicos e on-line

Quem disse que não há roupas e acessórios legais nos brechós? No Brasil, muitas pessoas ainda têm um certo preconceito em adquirir roupas que já foram usadas. Mas acredite: além de ser uma alternativa para economizar, esse tipo de loja conta com um acervo diversificado e pode ajudar você a se vestir bem.

Porém, para visitar um brechó, é preciso ter muita paciência. Ao contrário das grandes redes de vestuário, você levará um certo tempo até achar uma peça que agrade. Ainda assim, com determinação, há grandes chances de encontrar roupas interessantes por preços camaradas.

Sem tempo para ir às compras? Tranquilo! Graças ao avanço da tecnologia, já é possível checar essas lojas on-line. Dos brechós que mais fazem sucesso na internet, sugerimos:

Diz aí: depois das nossas dicas, ficou mais fácil se vestir bem e gastar pouco? Então, agora que você já virou um expert no assunto, aproveite para dividir esse conteúdo com a galera nas redes sociais. Os seus amigos curtirão!


Quer saber como se vestir melhor usando as próprias roupas?

Preparamos este e-book com várias dicas de combinação de roupas e calçados, para que usando as peças do seu guarda-roupas você possa ficar sempre com o visual nos trinks! Que tal conferir?

E-book como combinar sapatos e roupas

Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.