Cuecas masculinas: Homens investem mais em peça íntima do que mulheres

Cuecas masculinas. Quando tivemos acesso ao boletim de tendências do Sebrae pintou aquela dúvida: será mesmo que os homens investem mais em peças intimas do que as mulheres?

Pois é, a vaidade masculina realmente está cada vez mais presente na vida do Homem Moderno! Aliás, o estudo mostra que os homens, ao comprarem suas cuecas masculinas, são criteriosos na escolha, seja no modelo ou na qualidade e beleza estética da peça, não importa se é boxer, slip, sungão ou samba canção.

A pesquisa é do Instituto de Estudos e Marketing Industrial. Foram entrevistados 1.110 homens (voluntários). O gasto maior em cuecas está entre homens de 25 e 34 anos; 90% deles realizam suas compras pessoalmente e em lojas físicas. O estudo mostra também que 64% dos consumidores brasileiros costumam comprar roupa íntima pelo menos uma vez por mês.

Os dados levantados apontam, pela primeira vez, que os homens estão gastando mais do que as mulheres na hora de comprar peças intimas: a média da última compra dos entrevistados foi de R$ 115, enquanto a do público feminino foi de R$ 93,20.

Outro dado relevante da pesquisa é que 59,8% dos consumidores de cuecas masculinas são das classes b2 e C, portanto, não são apenas os homens ricos que investem em suas próprias cuecas.

Modelos de cuecas masculinas para cada tipo de homem

CUECAS ESTILO BOXER

cuecas-boxer-para-homens

Qualquer um pode usar, mas são indicadas para homens mais altas e pra quem não tem o corpo muito malhado. Coladinhas no corpo as cuecas boxer lembra um short. O único problema é que, as de baixa qualidade costumam dar uma enroladinha na perna e podem formar um volume em quem está acostumado a usar calças mais apertadas nas coxas.

CUECAS ESTILO SUNGA

cuecas-sunga-para-homens

Qualquer um pode usar. A sunga leva esse nome porque realmente lembra uma sunga para usar na piscina ou na praia. Ela é mais curta do que a boxer. Não incomoda ou enrola na perna, dando mais liberdade aos movimentos.

CUECAS ESTILO SLIP

cuecas-slip-para-homens

É, ainda, uma das mais usadas no Brasil. O modelo fica melhor para quem tem as pernas mais musculosas (grossas), pois o modelo é mais cavado do que a boxer ou a sunga. Tem ainda modelos com a parte lateral mais fina, mas não é muito consumida pelos brasileiros. As cuecas SLIP vão muito bem com roupa social ou calças mais justas, já que não marcam. Comece a tratar do seu rosto hoje!

CUECAS ESTILO SAMBA-CANÇÃO

cuecas-samba-cancao

Nada de preconceito. Foi-se o tempo em que as cuecas samba-canção eram coisa do vovô ou do papai. Elas caíram na graça de quem gosta de muita liberdade nada apertando. Qualquer um pode usar.

História da cueca

História das cuecas masculinas

Cueca pré-histórica

A cueca surgiu há 7 mil anos, quando o homem pré-histórico criou uma tanga de couro.

Cueca do faraó

No Antigo Egito, o rei Tutancâmon, falecido em 1324 a.C., foi enterrado junto com dezenas de elaboradas tangas de seda. Elas eram triangulares e possuíam extremidades mais longas, que podiam ser amarradas nas pernas.

Cueca grega

Os antigos gregos também tinham suas próprias tangas, mas se especula que apenas os escravos as usavam.

Cueca romana

Era uma mistura de tanga e calção se tornou bastante popular na época. No século 13, foi a vez de surgirem os primórdios das ceroulas: calças de linho que cobriam toda a perna e eram muito usadas tanto por camponeses quanto pela realeza.

Cuecas durante o renascimento

Elas ficaram parecidas com enormes meias que cobriam tudo, menos o pênis, para urinar com mais facillidade. Futuramente, elas foram substituídas por versões que cobriam as intimidades, mas continham botões para facilitar a sua liberação.

Cuecas na revolução industrial

Com a invenção da bicicleta foi necessário proteger melhor o pênis durante as pedaladas em ruas de paralelepípedo. A ascensão de tecidos de algodão ajudou nesse período, dando origem a roupas íntimas semelhantes aos jockstraps de hoje em dia, que sustentavam melhor a genitália.

Cuecas do século 20

Chegaram as cuecas slip e as samba-canções. Essas últimas eram derivadas dos calções dos boxeadores e entraram no mercado na década de 1920. Já as cuecas slip, criadas em 1935, com uma abertura em “Y” na frente, foram tão revolucionárias na moda masculina que chegaram a ser comparadas com o surgimento do sutiã, cerca de duas décadas antes.

Modelo slip com formato de “Y” na frente foi uma das maiores revoluções nas roupas íntimas masculinas

Cuecas dos anos 50 e 80

Os anos 1950 trouxeram uma variedade maior de tecidos e cores para a fabricação das cuecas, mas só na década de 1980 surgiu uma nova revolução: as cuecas boxer. Foi nesse período que a publicidade também começou a usar modelos masculinos quase nus para divulgar os produtos, dando às cuecas um status cada vez maior de sexo, moda, poder e dinheiro.

Cuecas dos anos 90 – acessório de moda fashion

Nos anos 1990, a campanha da Calvin Klein com o então rapper Mark Whalberg ajudou a transformar a cueca em um peça fashion, cuja finalidade vai muito além do conforto.

E aí gostou deste artigo? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos. Leia também o nosso artigo: COR DA CUECA PARA USAR NA PASSAGEM DE ANO.


Marco Belloto

Meu nome é Marco Bellotto, sou Personal Stylist da Loja Ferricelli e quero agradecer sua leitura. Continue em nosso blog e tenha acesso a várias dicas de moda para seu estilo. Nossas dicas são cheias de personalidade, totalmente práticas e vão te ajudar a montar looks com visual e estilo incríveis - mais fácil do que você imagina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *