Vaidade masculina está em alta e faz mercado crescer

Vaidade masculina. Sim ela existe. Bem vindo ao século 21. A vaidade é algo que esteve sempre mais ligado às mulheres. Mas os homens tem demonstrado, cada vez mais, a sua vontade de serem atraentes.

A vaidade masculina está em alta e mexe com os números do mercado. Os produtos de beleza para os homens – xampu, sabonetes, produtos de barbear e cremes – movimentaram cerca de US$ 5 bilhões em 2015, uma alta de 7,1% se comparada com 2014 e segue muito bem em 2016.

A previsão da Euromonitor – líder mundial em pesquisa de estratégia para mercados consumidores -é de que o mercado de beleza masculino mantenha um ritmo de crescimento de 7,1% ao ano até 2019.

Se isso realmente ocorrer, o Brasil se tornará o maior mercado de cuidados pessoais para homens em quatro anos, movimentando US$ 6,7 bilhões e superando os Estados Unidos, que terão um mercado de US$ 6,4 bilhões.
É o homem moderno procurando melhorar sua auto estima. Com isso, ele se sente mais seguro e tem boas realizações em sua vida pessoal e profissional.

Hoje, pelo menos 30% da clientela dos salões de beleza já são de homens. O cliente masculino que antes só cortava o cabelo, agora faz as unhas e tinge os cabelos. As antigas barbearias, por exemplo, estão sendo transformadas em espaços masculinos de beleza, decorados em estilo vintage americano.

Vaidade masculina e preconceito

E com o aumento gradual de homens que se preocupam com sua aparência, o preconceito cai por terra. Se você olha para todos os lados e vê homens se cuidando, os poucos comentários maldosos ficam no vazio, sem sentido.

E o mais importante dessa história, sempre, é estar bem consigo mesmo, só assim estarás bem com os outros.

Mas é preciso muita atenção para evitar os excessos. Cuidar-se é essencial, mas todo cuidado é pouco para não prejudicar sua saúde, principalmente em relação às mudanças no corpo. Os noticiários têm mostrado casos de homens que exageraram nesse processo de cuidar do corpo e cometem prejuízos à saúde, alguns chegando à morte.
Portanto, antes de pensar em qualquer mudança no seu corpo com uma cirurgia plástica ou mesmo com exercícios é importante ter sempre o acompanhamento médico e até psicológico.


Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *