Pai e filho: como melhorar esse relacionamento?

O segundo domingo de agosto, também conhecido como Dia dos Pais, está logo aí. E que tal aproveitar a chegada dessa data para melhorar a sua relação de pai e filho? Isso mesmo! Com o estilo de vida atual, é comum que muitas famílias não tenham tempo de sobra para aproveitar bons momentos.

Mas este não deve ser um motivo para o afastamento ou a falta de comunicação. Garantimos que existem diversas atitudes que podem ser tomadas para combater a rotina e estreitar os laços. Só não se esqueça: esse elo não será modificado de um dia para o outro, mas sim com base em muita paciência, compreensão e, principalmente, amor.

Portanto, se você está disposto a encarar esse desafio, não saia daí. No post de hoje, mostraremos algumas dicas infalíveis e que, sem dúvidas, farão com que os seus próximos dias em família sejam bem mais agradáveis. Acompanhe a leitura para saber mais!

Pai e filho: como é construído esse relacionamento?

A amizade entre pai e filho começa desde muito cedo — ainda durante a gravidez. É nessa fase em que os pais começam a nutrir sentimentos pelos bebês e, a partir disso, passam a moldar as suas atitudes em relação à paternidade.

Obviamente, a construção desse vínculo não termina no dia do nascimento. Durante a infância, é importante que o pai esteja extremamente presente na vida do seu herdeiro. Para quem não sabe, essa é uma fase em que a criança começa a construir o amor-próprio, além dos sentimentos de segurança e autoconfiança.

Quando a criança se sente rejeitada ou acredita que não é amada, é possível que, mais tarde, ela se torne um adulto com uma certa dificuldade de se afirmar e deixar de lado o medo de abandono.

Pai e filho

Vale frisar que tais traumas ficam armazenados no inconsciente do indivíduo, sem hora para se manifestarem. O que sabemos é que esses anseios costumam vir à tona em momentos de fragilidade emocional ou desentendimentos com terceiros.

Tenha em mente que a relação de pai e filho é extremamente relevante para a formação pessoal. É claro que esta não é uma obrigação exclusiva dos pais, ainda que as atitudes paternas tenham grande relevância e poder na forma como a criança passará a enxergar a vida na fase adulta.

De qualquer modo, podemos afirmar que a maneira como o casal transmite os seus valores e as interpretações da criança são os dois pilares responsáveis por moldar o caráter que o indivíduo terá no futuro. Interessante, não é?

Dicas para melhorar a relação entre pai e filho

A verdade é uma só: não existe uma fórmula mágica para melhorar o relacionamento entre pai e filho. Afinal, somos seres humanos, com sentimentos e pensamentos completamente diferentes. É impossível existir uma que seja receita milagrosa e se encaixe para todos.

Contudo, nada está perdido e você pode seguir algumas dicas para fazer com que a sua amizade fique mais tranquila, saudável e memorável. Veja a seguir quais são elas!

Saiba perdoar

Não tem jeito! Todos nós erramos. E, independentemente do erro cometido pelo seu pai ou filho, que tal tentar perdoá-lo e se libertar das mágoas? Sempre que possível, pratique o perdão e saiba pedir desculpas quando achar que agiu de maneira incorreta. Com o tempo, essa pequena atitude fará toda a diferença na sua amizade.

Pai e filho

Reserve um tempo para os momentos em família

O estilo de vida contemporâneo é uma verdadeira loucura. No entanto, nada impede que você reserve alguns minutos ou horas para aproveitar momentos com quem ama e faz parte da sua família.

Deixe o smartphone e o trabalho de lado e procure assistir a um filme bacana, acompanhar um jogo de futebol, preparar uma refeição saborosa ou, simplesmente, abrir uma boa cerveja e colocar a conversa em dia com o seu pai ou filho.

Ao criar um clima harmônico, será mais fácil passar por cima das diferenças e cultivar um relacionamento saudável.

Aprenda a aceitar o outro

Para que uma amizade seja perfeita, é preciso que haja muita aceitação. E aceitar o próximo pode ser mais fácil do que você imagina, sabia? Mesmo que não concorde com uma atitude do seu pai ou filho, é possível seguir algumas práticas para que tal divergência não prejudique a relação.

Antes disso, procure se colocar no lugar do outro, entender as suas particularidades e, com o tempo, aprender a conviver com as diferenças. Lembre-se de que o respeito deve vir em primeiro lugar e que, com amor e parceria, todos os problemas podem ser contornados com mais facilidade.

Pai e filho

Imponha limites

Essa é uma dica que vale tanto para os pais quanto para os filhos. Saber impor limites é um dos pontos-chave de uma boa relação. Quando vivemos para agradar quem está ao nosso redor, corremos o risco de nos anular e fazer com que a outra pessoa fique despreparada para as adversidades comuns da vida.

Dito isto, não deixe de dizer o que não agrada, mas sempre de forma educada e amigável. Não se sente disposto para frequentar aquele jantar de família? Diga. Sentiu que um determinado comentário não foi apropriado? Converse.

Essa simples mudança de postura fará com que o seu relacionamento entre pai e filho se torne mais leve, livre e natural.

Esteja presente

Por último, não se esqueça de marcar presença nos momentos mais importantes para o seu pai ou filho. Sabe aquela apresentação da faculdade? Ou aquele evento esportivo tão aguardado nos últimos tempos? Tente comparecer, mostrando que se importa.

Em um primeiro momento, este pode ser apenas um detalhe superficial. Mas confie: saber que há alguém torcendo por nós é um fato capaz de elevar a nossa autoestima e nos encorajar a vencer qualquer desafio. A relação de vocês agradecerá!

Pai e filho

Curtiu as nossas dicas sobre como criar um elo perfeito entre pai e filho? Então, aproveite o próximo Dia dos Pais para colocá-las em prática e fazer com que essa data comemorativa seja ainda mais especial.

E se você achou o conteúdo relevante, compartilhe-o nas suas redes sociais. Essas dicas também podem ajudar os seus amigos a terem um dia a dia melhor em família!


Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.