fbpx

Rock: conheça sobre as suas origens, artistas e influências!

Fala a verdade, leitor: em algum momento da vida você já curtiu o bom e velho rock and roll. Afinal, esse estilo musical de origem norte-americana conquista pessoas no mundo inteiro há décadas — influenciando, até mesmo, nosso modo de se comportar e vestir.

E, embora esteja longe de seus shows impactantes, o público continua ouvindo e consumindo rock. Aliás, uma curiosidade bacana é que tal gênero também é fruto de um mix de outros tipos de música, como o jazz, o country e o blues — fazendo com que o “som de roqueiro” seja capaz de embalar momentos especiais, repletos de energia e memórias para a vida inteira.

Por isso, se você se identifica com esse gênero e deseja se aprofundar um pouco no assunto, continue por aí. Hoje, o artigo é 100% dedicado ao rock — desde a sua origem até as bandas de maior sucesso e, claro, como o estilo musical conseguiu influenciar a moda masculina.

Fique por dentro!

O que é esse tal de rock and roll?

Basicamente, o rock foi o resultado de diferentes experimentações musicais. Os artistas misturavam jazz, folk, rhythm and blues e country em suas composições — até enfim chegar em uma batida parecida com a que conhecemos hoje.

Baixe o e-book: Guia de Combinar roupas e Sapatos

Ao que tudo indica, esse processo teve início por volta dos anos 1940, com nomes como Jerry Lee Lewis, Little Richard e Chuck Berry, que, para muitas pessoas, é considerado o pai do gênero.

E não se engane: na época, a presença feminina também era bem forte. Aretha Franklin, por exemplo, contribuiu muito para que o estilo fosse criado e consolidado, assim como outros nomes importantes, como Memphis Minnie e Sister Rosetta Tharpe.

O tempo passou e, nos anos 1950, o mundo conheceu outra figura marcante — a de Elvis Presley, o “Rei do Rock”. Nascido no Tennessee, o jovem começou sua trajetória cantando no coro de igrejas e, desde cedo, teve contato com diferentes estilos musicais. Entre eles, destacamos o blues, uma vertente de origem negra do século XIX.

Enquanto isso, graças aos avanços da tecnologia, a guitarra elétrica foi inventada. Foi então que os shows de rock ganharam mais energia e personalidade.

Rock

Como o rock se transformou com o passar dos anos?

Há quem diga que, a partir dos anos 1960, o rock ganhou um espírito novo. No período, diferentes nomes surgiram na cena, ganhando mais visibilidade e, claro, a atenção do público.

Dentre os mais famosos, não podemos deixar de citar The Beatles, The Rolling Stones, Jimi Hendrix, The Doors, Pink Floyd e Janis Joplin. O estilo musical já tinha deixado de ser destaque somente nos Estados Unidos, conseguindo conquistar o seu lugar no Reino Unido e no mundo inteiro.

É importante lembrar que esse período foi marcado pelo histórico Festival de Woodstock, que aconteceu em agosto de 1969 em Nova York. Caracterizado como o auge do movimento hippie e da contracultura, o evento contou com mais de meio milhão de participantes, que estavam em busca de liberdade e — claro — muita música.

Anos 70, 80 e 90

Já nos anos 1970, outras bandas de classic rock começaram a surgir. E, certamente, você conhece ou já ouviu falar em algumas delas. David Bowie, Led Zeppelin, Kiss, Ramones e Queen estão na lista.

Em seguida, chega a fase dos shows monumentais, realizados em espaços amplos. Ou seja, repletos de exuberância, ostentação e pirotecnias: esses foram os glamourosos anos 1980.

Com muita excentricidade, brilho e roupas exageradas, os oitenta foram marcados por bandas que fazem sucesso até os dias atuais e deram origem a diferentes subgêneros dentro do próprio rock and roll, como o hard rock. Quais são elas? Bon Jovi, Aerosmith, Poison, Guns n’ Roses e por aí em diante.

Então, chegamos aos saudosos anos 1990, época que ficou conhecida por lançar o grunge. O estilo é uma espécie de rock alternativo, originário da cidade americana de Seattle, que teve como ícone o Nirvana. Mas é claro que também apareceram outros artistas importantes no meio, como os inesquecíveis Pearl Jam, Alice in Chains, Green Day e Soundgarden.

Anos 2000

Infelizmente, dos anos 2000 em diante, o rock perdeu um pouco de sua força no meio musical. Isso aconteceu principalmente por conta da ascensão do pop e de outros estilos.

Entretanto, existem bandas que continuaram em evidência e merecem ser destacadas: Arctic Monkeys, Greta Van Fleet, The Strokes etc.

Rock

Como o rock influenciou a moda?

Ao longo da história do rock, o estilo teve grande influência nas formas de vestir — tanto na dos próprios artistas quanto na do público em geral, que se inspirava no comportamento rebelde, exótico e particular de cada década.

E, independentemente do subgênero com o qual você mais se identifica, saiba que existem alguns itens curingas que podem ser levados para o dia a dia como uma forma de deixar um look casual com uma pegada mais “rocker”.

A seguir, contamos quais são eles.

Calça jeans destroyed

O jeans é um dos principais elementos associados ao rock. Especialmente nos anos 1990, ele esteve presente no período grunge, surgindo em jaquetas, calças, bermudas e camisas.

Hoje, você pode usá-lo em uma calça de denim destroyed ou, se preferir um visual mais discreto, em washed jeans. A peça pode ser coordenada com camisetas e blusas lisas, tênis de couro e casacos neutros.

Camiseta de banda

Um clássico! A melhor maneira de mostrar ao mundo as suas preferências musicais é investir no uso das camisetas temáticas.

Atualmente, é possível encontrar as mais variadas estampas — assim, basta escolher uma com a sua banda preferida.

Contudo, só não se esqueça de sempre usar esse tipo de vestimenta em ambientes informais, como um almoço de família ou encontro com os amigos.

Acessórios

Os acessórios são muito bem-vindos e, inegavelmente, ajudam a fazer com que qualquer produção ganhe mais personalidade.

No caso dos visuais com estilo rocker, vale apostar em bandanas, pulseiras de couro ecológico ou correntes de metal.

No entanto, procure usá-las sempre em equilíbrio, para que o efeito não fique carregado demais e acabe prejudicando o restante da combinação.

Coturno

Não poderíamos deixar de citar os sapatos, mais especificamente o coturno. Presente no rock em diversos momentos, esse modelo de calçado é excelente para quem deseja transbordar atitude, originalidade e rebeldia.

A grande vantagem é que os coturnos são extremamente confortáveis e podem ser facilmente combinados com jeans, camisetas ou roupas mais formais, como uma camisa social.

Para eventos descolados, as versões em marrom são ótimas pedidas. Por outro lado, se a ideia é criar um efeito bem sóbrio, invista nas opções pautadas por tons de preto, que são versáteis e fáceis de coordenar.

E então, depois de conferir esse artigo sobre o tal do rock and roll, você já se sente pronto para mergulhar de cabeça nesse estilo?

Em caso positivo, aproveite para visitar a loja virtual da Ferricelli e conferir alguns modelos de coturnos exclusivos, acessíveis e de altíssima qualidade. Você vai curtir!


Quer saber como se vestir melhor usando as próprias roupas?

Preparamos este e-book com várias dicas de combinação de roupas e calçados, para que usando as peças do seu guarda-roupas você possa ficar sempre com o visual nos trinks! Que tal conferir?

E-book como combinar sapatos e roupas

Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.