fbpx

Música Popular Brasileira: origens, artistas e influências

É difícil falar da história cultural do Brasil sem citar a Música Popular Brasileira. Certamente, você já deve ter ouvido falar em grandes nomes desse universo, como Caetano Veloso, Chico Buarque e Elis Regina.

Extremamente conhecidos em território nacional — e também internacional —, esses artistas marcaram a nossa história, além de enriquecerem e transformarem a música.

Por isso, é sempre interessante entender melhor qual é a origem desse estilo musical e, inclusive, como ele conseguiu influenciar muitos outros aspectos da sociedade, sendo a moda masculina um deles.

Para que o seu tempo livre seja melhor aproveitado, vamos falar um pouco desse assunto aqui, no blog da Ferricelli.

Nesta leitura, você saberá melhor sobre o assunto e entenderá como o gênero é relevante para os nossos costumes!

Baixe o e-book: Guia de Combinar roupas e Sapatos

A origem da Música Popular Brasileira

Todo cidadão brasileiro já ouviu alguma canção da Música Popular Brasileira. Mas não são todos que entendem, de fato, como esse estilo surgiu e dominou a cultura nacional.

Para explicar melhor, precisamos voltar no tempo, até chegar no século XIX, época essa em que os ritmos Lundu e Modinha eram os mais conhecidos.

De origem africana, o Lundu carregava uma atmosfera bem sensual, perfeita para dançar e curtir momentos inesquecíveis. Já a Modinha, que nasceu em Portugal, era conhecida por transbordar sentimentalismo, com canções que falam de amor e melancolia.

Ambos os estilos, além da Dança de Salão vinda da Europa, foram grandes pontos de partida para o nascimento do popular Chorinho e do Maxixe.

Por volta dos anos 60, esses gêneros marcaram presença nas rodas de capoeira e em manifestações africanas, até dominarem os morros do Rio de Janeiro. Foi então que nasceu o tão conhecido Samba.

Música Popular Brasileira

A chegada da Bossa Nova

O tempo passou e, com a chamada “Era do Rádio”, na década de 1950, alguns nomes começaram a aparecer. Um deles foi o do talentoso Cartola, assim como o de Dalva de Oliveira. 

Em meio a tamanha efervescência musical, alguns entusiastas da época criaram a tal da Bossa Nova, um tipo de música que tinha o objetivo de refletir um pouco do dia a dia carioca, carregando um embalo leve, suave e refinado.

Podemos dizer que essa modalidade foi a grande responsável por influenciar o surgimento da Música Popular Brasileira. A princípio, essas composições nasceram em pequenas reuniões, realizadas na zona sul do Rio de Janeiro, onde moravam João Gilberto, Nara Leão, Vinicius de Moraes, Tom Jobim e por aí em diante.

Também é válido ressaltar que, naquele momento, a Bossa Nova teve grande influência da Música Erudita e do Jazz dos Estados Unidos, que ajudaram a deixar o gênero mais original e atrativo.

Inclusive, foi nesse período que algumas melodias ficaram famosas, sendo lembradas até os dias de hoje como referências da cultura nacional. Quais são elas? Chega de Saudade, de João Gilberto, e a clássica Garota de Ipanema, de Tom Jobim.

Mas não termina por aí, uma vez que boa parte da classe artística da época ficou contrariada com a grande influência estrangeira na Bossa Nova. Defendendo em peso as raízes brasileiras, algumas celebridades decidiram tomar outro rumo, criando um estilo que fosse capaz de refletir o perfil do cidadão brasileiro.

Foi aí que nasceu a Música Popular Brasileira, um movimento forte, que teve início nas universidades e, a princípio, era visto como uma maneira de lutar contra a repressão no período sofrido da ditadura militar.

Os principais nomes da história da Música Popular Brasileira

O auge da Música Popular Brasileira foi por volta de 1964, quando o Brasil enfrentou um golpe de estado organizado por militares. Foi um momento que precedeu um período de grande repressão, em que a liberdade de expressão mal existia e muitas famílias foram afetadas, carregando marcas até os dias de hoje.

Entretanto, isso não bastou para calar as vozes dos artistas que estavam preocupados com o futuro do país. Mesmo exilados ou com medo, muitos nomes resolveram enfrentar o governo, fazendo, assim, uma grande diferença histórica e conseguindo contar, por meio da arte, o que aconteceu nesse período tão sombrio.

São celebridades que fazem sucesso até hoje:

  • Milton Nascimento;
  • Maria Bethânia;
  • Elis Regina;
  • Chico Buarque;
  • Gilberto Gil;
  • Gal Costa;
  • Vinicius de Moraes;
  • Caetano Veloso;
  • Djavan;
  • Tom Jobim;
  • João Gilberto;
  • Jorge Ben Jor;
  • Clara Nunes.

Música Popular Brasileira

A Música Popular Brasileira e o romantismo

Mas não foi apenas de questões políticas que se fez a Música Popular Brasileira. O gênero também explorou, em suas letras e canções, a vida afetiva, o amor e tudo aquilo que envolve a paixão, a saudade e o cotidiano dos relacionamentos amorosos.

Existem muitas personalidades que decidiram seguir esse caminho e, hoje em dia, conseguem traduzir perfeitamente os sentimentos dos amantes de plantão. Erasmo Carlos, Roberto Carlos e, especialmente, Chico Buarque, são alguns deles.

A influência da Música Popular Brasileira na moda

Quem disse que a moda e a Música Popular Brasileira não andam juntas? Desde o surgimento desse estilo musical, foi possível observar vários elementos que acompanharam a sua evolução.

Por exemplo, na época da Bossa Nova, a moda se tornou mais informal, tanto para os homens quanto para as mulheres. Era um período em que a população queria aproveitar ao máximo a vida, priorizando o bem-estar e o lifestyle descompromissado.

As pessoas passaram a utilizar roupas com um visual esportivo em bailes e festas e os eventos formais não eram limitados ao dress code composto por terno e gravata.

Camisas sociais com mangas curtas, calças de sarja em tons claros e sapatos que reforçavam o conforto eram tendência. Atualmente, essas características parecem se manter firmes e fortes, especialmente com a chegada do isolamento social.

Se você gosta da proposta e deseja levar um pouco da Música Popular Brasileira para os seus looks diários, o primeiro conselho é: não se leve tão a sério. Durante o seu período em reclusão, procure utilizar vestimentas capazes de facilitar as suas tarefas do dia a dia, mas que, ao mesmo tempo, consigam refletir um pouco de sua personalidade.

Além dos itens citados acima, destacamos as blusas polo (estampadas ou não) e os sapatos. Tênis de couro e sapatênis cumprem muito bem essa função e, de quebra, são extremamente versáteis, pois podem ser coordenados com visuais para diferentes ocasiões.

Música Popular Brasileira

Caso tenha gostado de conhecer a história da Música Popular Brasileira e queira conferir alguns modelos de sapatos para completar o seu look, aproveite para visitar a loja virtual da Ferricelli. Inúmeros pares esperam por você!


Quer saber como se vestir melhor usando as próprias roupas?

Preparamos este e-book com várias dicas de combinação de roupas e calçados, para que usando as peças do seu guarda-roupas você possa ficar sempre com o visual nos trinks! Que tal conferir?

E-book como combinar sapatos e roupas

Equipe de Conteúdo Ferricelli

Somos uma equipe multidisciplinar da Ferricelli composta por designers, jornalistas, e outros profissionais focados em trazer conteúdo de qualidade para nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.